Súmula 378 do TST

378 - Estabilidade provisória. Acidente do trabalho. art. 118 da Lei nº 8213/1991. Constitucionalidade. Pressupostos. (Conversão das Orientações Jurisprudenciais nºs 105 e 230 da SDI-1 - Res. 129/2005, DJ 20.04.2005)

I - É constitucional o artigo 118 da Lei nº 8.213/1991 que assegura o direito à estabilidade provisória por período de 12 meses após a cessação do auxílio-doença ao empregado acidentado. (ex-OJ nº 105 - Inserida em 01.10.1997)
II - São pressupostos para a concessão da estabilidade o afastamento superior a 15 dias e a conseqüente percepção do auxílio doença acidentário, salvo se constatada, após a despedida, doença profissional que guarde relação de causalidade com a execução do contrato de emprego. (Primeira parte - ex-OJ nº 230 - Inserida em 20.06.2001)

Um comentário:

  1. Se a empresa deixar de emitir o CAT para não dar a garantia de estabilidade ao funcionário e posteriormente o empregado esteve em gozo do auxílio doença (B31)por consequencia de doença ocupacional e comprovada por perito judicial nos autos para reintegração ao trabalho , faz jus o mesmo a estabilidade provisória ou estabilidade permanente já que ficou com sequela por causa da doença ocupacional ?

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...